Home

Resenha - Eldest

Publicado por Gaby Alievi em 02/02/2016 às 13h08

Livro: Eldest
Título original: Eldest Inheritance
Saga: O Ciclo A Herança
Autor: Christopher Paolini
Editora: Rocco
Número de páginas: 643
Ano: 2005
Nota Skoob: 4.2
Minha nota: 5 – favorito

Sinopse

Um cavaleiro… um dragão… O caos e a traição se anunciam.

Eragon e seu dragão, Saphira, acabaram de salvar um estado rebelde da destruição planejada pelas forças poderosas do rei Galbatorix, cruel governante do Império. Eragon rumará agora para Ellesméra, terra dos elfos, para aprimorar seu treinamento em magia e nas artes da espada, habilidades vitais para um Cavaleiro de Dragão. É a jornada de uma vida, cheia de lugares e pessoas diferentes, diguynas de admiração e reverência, em cada dia uma nova aventura. Mas o caos e a traição o importunam a cada instante e Eragon não sabe em quem deve confiar.

Enquanto isso, seu primo Roran se envolve numa nova batalha em Carvahall – vilarejo onde nasceu e cresceu -, batalha que coloca Eragon num perigo ainda maior.

Será que a mão negra do rei sufocará toda e qualquer resistência? Eragon pode até não escapar com vida…

FullSizeRender (19)

Resenha Mundo Sublinhado

Nesta sequência de Eragon, Eldest, o segundo livro do Ciclo A Herança, nosso querido protagonista e seu dragão, Saphira, estão prestes a encarar desafios ainda piores que os anteriores. Guerras mais perigosas. Perdas maiores. Revelações angustiantes.

Eragon se vê perdido. Dois grandes companheiros seus partiram e seu primo, Roran, deve estar vagando por aí, sozinho, sem que Eragon tenha notícias dele. A vida até então sossegada e calma que Eragon levava em Carvahall – lugar onde cresceu – agora está de cabeça para baixo!

Junto com Nasuada – líder dos Varden, um exército comandado para destronar Galbatorix -, Orik – anão muito amigo de Eragon que fala por todo o povo dos anões -, Arya – elfa que fala por nome da rainha elfa de Elleméra – e outros importantes comandantes, é decidido que Eragon precisa ser levado para Ellesméra afim de poder aprender mais sobre os poderes essenciais da magia e ser treinado como um verdadeiro Cavaleiro de Dragão merece ser.

Enquanto isso, Roran, primo de Eragon, enfrenta batalhas para livrar o vilarejo de Carvahall dos domínios e incessantes ataques de Ra’zacs – criaturas repugnante.

FullSizeRender (24).jpg

Minhas considerações

Sem dúvidas, este é meu livro preferido da saga O Ciclo A Herança, pois é quando Eragon enfim faz o treinamento para se tornar um Cavaleiro de Dragão oficialmente. Ele tem de aprender luta corpo a corpo, luta com espadas, aprende a usar corretamente de forma sábia a magia, e aprende a ser justo com todos os povos, que é, o trabalho dos Cavaleiros de Dragões: espalhar paz e justiça por onde passam.

Eldest é narrado em terceira pessoa e alterna-se em capítulos que narram sobre as ações e aventuras de Eragon, e capítulos que nos contam o que anda acontecendo com o primo de Eragon, Roran, e com a líder dos Varden, Nasuada.

Como já disse, a escrita de Paolini é algo inexplicável. Ele é capaz de nos aprofundar em suas histórias, de nos transportar para dentro do cenário deslumbrante que criou, junto de seus personagens cativantes, determinados e corajosos.

A história não se trata apenas de fantasias e guerras, Paolini também narra a paixão forte que Eragon sente pela elfa Arya, e nos conta pequenas partes sobre o amor de Roran – primo de Eragon – por sua amada, Katrina, que aliás, é uma parte muito fofa e cativante do livro.

No desenrolar da trama inúmeras surpresas – tanto agradáveis quanto desagradáveis –  nos são expostas, no entanto, a mais impactante, é a surpresa deixada para o desfecho. Uma surpresa extremamente ”surpreendente” que deixará você, leitor, boquiaberto.

Apesar de ser um livro grosso e com letras bem pequenas, ele não é cansativo, ao contrário, ele é tão envolvente que nos faz querer mais e mais e mais.

FullSizeRender (20)

Minhas frases sublinhadas

”Aqueles que nós amamos são normalmente os seres mais estranhos para nós.” Oromis, página 273.

”Ninguém pensa em si próprio como vilão e poucos tomam decisões que julgam ser erradas. Uma pessoa pode não gostar de sua escolha, mas a defenderá o tempo todo porque acredita que é a melhor opção disponível no momento.” Oromis, página 336.

”Viva no presente, lembre-se do passado e não tema pelo futuro, pois ele não existe e nunca existirá. Só existe o agora.” Saphira, página 346.

Bejinhos, Gaby Alievi

Categoria: Resenhas
Comentários (0) e Compartilhar

Resenha - Perigosa amizade

Publicado por Laise Caroline em 28/01/2016 às 01h40

Perigosa amizade conta a história de alguns amigos de infância, que agora estão enfrentando os desafios e as decepções da adolescência.
Nós, como leitores de Perigosa Amizade, acompanhamos as histórias, os amores e os conflitos pessoais de cada um, o mais legal é que com tantos personagens, você vai se ver em algum.


Livro: Perigosa Amizade

Autora: 
Gisela Barcelar
Editora: Clube de autores
Ano: 2015
Páginas: 172
Nota Skoob: 4.7
Minha nota: 5

Sinopse

“Nos próximos capítulos você vai ler sobre a vida de mais de dez adolescentes problemáticos, cada um com um destino diferente. Espero que se identifiquem e que aprendam com os erros desses jovens. Eles gostariam de ter aprendido antes, quem sabe assim, estariam juntos agora.

Não é para ser uma história de amor, não é para ser uma história bonitinha. Perigosa Amizade foi escrita para ser real, tanto quanto cada personagem aqui descrito.

Divido com vocês o meu relicário de lembranças."

Resenha Mundo Sublinhado
P.S.: O livro é pequeno, então vou tentar não falar muito para não dar spoiler.

Perigosa amizade conta a história de alguns amigos de infância, que agora estão no ensino médio e acabam se distanciando após conhecerem outras pessoas.

A história tem tudo que tem no colegial, grandes amigos, meninos bonitos, corações apaixonados, a dor do primeiro amor, a patricinha insuportável que tem um segredinho e uma fiel escudeira, um idiota cachaceiro, um riquinho que não está nem aí para nada, uma menina que teve seu coração despedaçado por seu melhor amigo, tem o que é bonitinho mas vive a base de drogas, tem a “vagabunda”, um garoto sonso, tem a estudiosa, aquela que muda totalmente de aparência e todos acham que está revoltada... ou seja, durante a leitura, você verá um retrato do seu ensino médio – rs -

A história gira principalmente em torno da amizade de Roberta e Melissa. As duas são bem diferentes, principalmente em personalidade. Melissa é mais doce e emotiva, Roberta é mais sensata (do jeito que uma adolescente consegue ser). Elas são melhores amigas, mas, o que as une, com toda certeza, não é a sinceridade, elas escondem segredos e sentimentos uma da outra, e acabam sofrendo sozinhas. Por não confiarem uma na outra, acabam tendo um grande problema que estremece os laços de amizade. Como leitores (estranhamente) torcemos para que fique tudo bem entre elas, é nítido que uma precisa da outra.

" Melissa e Roberta eram diferentes uma da outra. Em estilo, gosto e aparência. Mas não importava, elas só precisavam estar juntas para que o diferente nelas se tornasse igual. – pag 10

O mundo delas e de todos os outros personagens está relacionado a escola e é lá que todos começam a perder a inocência e viver suas primeiras conquistas, sentir seus primeiros sentimentos profundos e as primeiras desilusões, com isso, eles têm que aprender a lidar com as consequências de seus atos e aprender a tomar decisões. Alguns enfrentam as novidades da vida ficando com outras pessoas, bebendo, usando drogas. Eles buscam um jeito de não enfrentar, fogem até quando dá, mas a verdade é que eles sempre precisam, nos bons e nos maus momentos, do melhor amigo.

" Um bando de adolescentes que não sabiam de nada da vida, mas com aqueles copos carregados de álcool se sentiram os donos do mundo. – pag 21

Minhas considerações

Vários conflitos adolescentes são abordados, tanto os sentimentais, pessoais, quanto aqueles que interferem no grupo como um todo. Olhando assim a história pode parecer clichê para alguns, mas na verdade ela é verídica, mostra de maneira real e bem explicita, tudo que passamos na fase entre a infância e a vida adulta, enquanto descobrimos o mundo e a nós mesmos.

Gisela consegue, através do ‘Perigosa amizade’, inserir o leitor em um contexto extremamente descritivo da vida adolescente no colegial. O livro é curto, e ao seu fim ficamos com uma interrogação gigante sobre o futuro desses jovens - assim como um dia também tivemos dúvidas sobre o nosso futuro e de nossos amigos.

Fica claro na leitura que existem caminhos, pessoas, segredos e ocasiões que os colocam nas situações mais diferentes possíveis, mas o principal, mostra o contraste entre a ingenuidade e a malicia, entre o certo e o duvidoso.

Eu gostei muito do livro e PRECISO ler a continuação, preciso saber o que acontece, principalmente com a Roberta.

Há, gostaria de deixar registrado que eu não gostei do Gabriel, para mim, ele é um garoto sonso e que se faz de bobo e vai levando as garotas no “se colar, colou!” , o personagem que eu mais gostei foi o Mat, e espero que ele não me decepcione no futuro. – rs –

Minhas frases sublinhadas

Ela não imaginava que ele seria seu primeiro amor e que isso os destruiria. – pag 5

Nem toda família é feita de bons exemplos. – pag 38

As vezes precisamos fazer as coisas por nós mesmas. – pag 46

... Não se encaixava na sociedade ou na família e, principalmente, nem com ele mesmo. – pag 66

... Chorou, sozinho naquele quarto gigante. Foi a primeira vez que ele chorou por uma menina. – pag 86

Ele é o seu tipo, não adianta negar. Voce ama esses meninos cheios de revolta com a vida. – pag 99

Teve a impressão de que a garota vivia em um mundo paralelo, apenas dela, onde tudo podia ser perfeito, perfeito dependendo da maneira como enxergássemos Ele gostava disso, da sua ingenuidade. Tomara que ninguém a tirasse dela. Nunca. – pag 138

Beber é igual sexo. Melhora com a prática. – pag 138

A dor maior vinha da não ter a quem culpar além de si mesma. Aceitar os próprios erros podia ser cruel, mas era o primeiro passo a dar. – pag 160

♥ Quero agradecer a Gisela por ter me enviado um exemplar de Perigosa Amizade, adorei ler essa história, gostei muito do livro e espero que vocês curtam tanto quanto eu. Se você já leu, me conta o que achou, e se AINDA não leu... Add as redes sociais para conhecer mais sobre o livro e a autora e adquira o seu exemplar. ♥

Redes sociais da obra

Facebook ♦ Instagram ♦ Blog ♦ Skoob

Comprar on-line

Adquira o seu exemplar


Mil beijos, Laise Caroline

Categoria: Parcerias MS e Autores Nacionais, Resenhas
Comentários (0) e Compartilhar

Dia de Gossip Girl - 26 de janeiro

Publicado por Juliana Quadros em 26/01/2016 às 01h51

O prefeito Michael Bloomberg proclamou, em cerimônia, que 26 de janeiro é o Dia de Gossip Girl. A proclamação ocorreu como uma forma de comemorar o 100º episódio da série, no qual aconteceu o casamento de Blair. Durante o evento, o prefeito declarou que a série “se tornou um abaixador de Nova York”.

Isso faz quatro anos (2012) e para comemorar, viemos falar sobre essa série que amamos.

Série: Gossip Girl
Principal local onde a série é gravada: Nova York, NY
Classificação etária: 16 anos
Gênero: Drama
Duração média do episódio: 42min
Idioma original: Inglês
Narrador(a): Kristen Bell
Tema de abertura: Transcenders

Sinopse

A série, sobre jovens estudantes de escolas de elite (Constance Billard para garotas e St. Jude’s para rapazes) no bairro Upper East Side de Manhattan em Nova Iorque.

Após passar um ano estudando fora por motivos misteriosos, Serena van der Woodsen (Blake Lively) está de volta em Nova York. Seu retorno agita o Upper East side, onde vivem os jovens mais privilegiados da cidade, como a sua melhor amiga, Blair Waldorf (Leighton Meester), o namorado de Blair, Nate Archibald (Chace Crawford), e ainda Chuck Bass (Ed Westwick). Enquanto lida com os problemas com a mãe, Lily van der Woodsen (Kelly Rutherford), e o irmão, Eric (Connor Paolo), Serena irá começar um relacionamento com Dan Humphrey (Penn Badgley), um garoto de um mundo completamente diferente.

Mas um misterioso blog tem o objetivo de difundir fofocas sobre essa "elite escandalosa", e a "Garota do Blog" vai narrar 6 temporadas de dramas no Upper East Side.

 

Curiosidades

“Aqui é a Gossip Girl, sua primeira e única fonte sobre a vida escandalosa da elite de Manhattan… E quem eu sou? Esse é um segredo que eu nunca vou contar. Vocês sabem que me amam. Beijinhos, Garota do Blog.”

Foi com essa frase que a série Gossip Girl iniciou ao longo de 6 anos (19/09/2007 – 17/12/2012), 121 episódios formando 6 temporadas.

– A telesérie foi baseada nos livros de Cecily von Ziegesar, e dirigida por Josh Schwartz e Stephanie Savage.

– Sua principal diferença foi ter como cenários as ruas de NY (geralmente as séries são gravadas em LA e em estúdios).

– Todos os títulos dos episódios são trocadilhos com nomes de filmes.

– Chace Crawford (Nate) é muito amigo de Ed Westwick (Chuck) na vida real.

– Blake Lively (Serena), Leighton Meester (Blair) e Penn Badgley (Dan) são os únicos que aparecem em todos os episódios da série.

– Penn Dayton Badgley (Dan) e Blake Lively (Serena) namoraram por 3 anos na vida real.

– Outro casal que namorou por 2 anos foi Ed Westwick (Chuck) e Jessica Szohr (Vanessa), mas a relação acabou mal e dizem até que foi por isso que a atriz saiu da série.

– A série foi citada pelo presidente Barack Obama e o prefeito de Nova York que decretou o dia26 de janeiro como “Dia de Gossip Girl” em comemoração ao episodio 100 da série.

– Há uma mini-série de webisodes com Zuzzana Szadkowski, centrada em Dorota e na amizade da personagem com a governanta britânica de Nate, Jane, e com a também empregada de Chuck, a russa Larussa. A série Chasing Dorota.

 



Resenha Mundo Sublinhado

Gossip Girl retrata a vida da elite de Manhattan, tendo como foco as famílias Van Der Woodsen, Waldorf, Archibald, Vanderbilt, Bass; e a família simples do Brooklyn, os Humphrey.
A série inicia com a volta de Serena à cidade por causa da internação de seu irmão, Eric. Blair, que costumava ser a melhor amiga de S, antes dela mudar de cidade sem dar notícias, está muito magoada e tenta de várias formas prejudicar a amiga.
"Gossip Girl" é um blog que revela segredos comprometedores com a ajuda de todos que enviam dicas, fotos, conversas, fofocas. O blog começou no dia em que Serena apareceu com seu vestido todo molhado em um passeio escolar, e desde então S passou a ser seu foco.
Esse drama tem muita manipulação, reviravoltas, mentiras, romances inesperados, articulações, descobertas, enfim, não dá para ficar entediado assistindo.
Muitos personagens evoluem, enquanto outros decaem, mas o fato é que ninguém, no final, se parece com o que era no início, todos sofrem mudanças.

Minhas considerações - Juliana

Essa série me chamou atenção desde o primeiro episódio. Muitas coisas acontecem ao longo dos 42min, e nunca dá para prever as ações dos personagens, eles estão sempre acima da minha imaginação.
Pra mim, o grande personagem revelação foi Chuck Bass. Ele mudou tanto, em diversos aspectos, e tornou-se um personagem interessantíssimo e muito bem articulado.
Adoro os romances, as mentiras descobertas, as verdades reveladas, as manipulações, os jogos de poder, tudo! É tudo tão incrivelmente posicionado no momento certo.
Sem dúvidas, essa série é uma das minhas preferidas!

 

Minhas considerações – Laise

Eu sou adoro essa série, ela me fez rir e quase chorar – rs – Acho que mesmo vivendo uma vida bem diferente, podemos nos enxergar em GG, e isso a faz tão especial.

O foco da série começou em Serena, mas ao longo da trama surgiu outro casal que ganhou nossos corações. Blair e Chuck protagonizaram alguns dos momentos mais românticos e hilários da série. Após seis temporadas, posso dizer que gostei muito da trama e que acho que GG é como um rito de passagem da adolescência para a fase adulta, por isso, se você ainda não assistiu… não perca tempo!

Fiz uma seleção das coisas que eu mais gosto na série. Concordam!?

Melhor beijo: Blair e Chuck (aniversário de 20 anos da Blair) – Ri muito!
Casal menos esperado: Blair e Dan – NGM
Melhor casal: Blair e Chuck – Sempre!!
Melhor vestido: Casamento Blair – Perfeito!
Pessoas mais fofas: Cyrus, Dorota e o filho do Chuck e da Blair

 

Como não se apaixonar por GG!? 

Vocês sabem que me amam. Beijinhos, Garotas do Blog.")

Categoria: B-Day, Filmes e Séries
Comentários (0) e Compartilhar

Resenha - Eragon

Publicado por Gaby Alievi em 21/01/2016 às 01h50

Livro: Eragon
Título original:
Eragon
Saga: O Ciclo A Herança
Escritor: Christopher Paolini
Editora: Rocco
Número de páginas: 466
Ano: 2001
Nota skoob: 4.1
Minha nota: 5 - favorito

 

Sinopse

Um menino... um dragão... um mundo de aventuras.

Quando Eragon encontra na floresta uma pedra azul polida, acredita que poderá ser uma descoberta de sorte para um simples rapaz do campo: talvez sirva para comprar a carne que alimentará a família durante o inverno. Mas, no momento em que um dragão nasce de dentro da pedra, Eragon percebe que está diante de um legado quase tão antigo quanto o próprio Império. Da noite para o dia, de uma vida pacata, ele é lançado para um arriscado novo mundo movido pelas tramas do destino, da magia e do poder. Empunhando uma espada lendária e seguindo as sábias palavras de um velho contador de histórias, Eragon e o leal dragão terão de se aventurar por terras perigosas e enfrentar inimigos sombrios em um Império governado por um rei cuja maldade não conhece fronteiras.

Ao jovem Eragon foi dada a responsabilidade de alcançar a glória dos lendários heróis da Ordem dos Cavaleiros de Dragão. Será que conseguirá vencer os obstáculos que o destino lhe reservou? Agora suas escolhas poderão salvar - ou destruir - o mundo em que vive.

 

Resenha Mundo Sublinhado

Eragon vive com o tio Garrow e o primo Roran, e não sabe nada sobre seu pai. De sua mãe, sabe apenas o nome e que ela faleceu ao parto.

Um dia, enquanto caçava pelo perigoso conjunto de montanhas, A Espinha, Eragon se depara com uma brilhante, reluzente e perfeitamente lisa pedra azul. Ele a leva para casa afim de vendê-la por um bom preço e conseguir comprar carne para sua pobre e pequena família.

Mas a pedra se revela ser algo de valor inestimável. Quando a ''pedra'' se quebra - revelando ser um ovo - e um pequeno filhote de dragão sai de lá, Eragon se vê no meio das antigas lendas. As lendas da Ordem dos Cavaleiros de Dragões.

Desde pequeno Eragon era fascinado pelas antigas histórias sobre os cavaleiros e seus dragões, que existiram à muito tempo atrás. Mas atualmente, o único dragão existente era Shruikan - lê-se: churui-KAN - um dragão imenso e preto, e seu cavaleiro era o rei malévolo da AlagaËsia, Galbatorix. Por isso, Eragon se assusta ao perceber que as histórias eram falsas: Shruikan não era o último de sua espécie. Havia também o pequeno dragãozinho que Erangon batizou de Saphira e mais dois ovos escondidos no castelo de Galbatorix.

O mais novo cavaleiro de dragão recebe a ajuda do velho contador de histórias da aldeia: Brom, um velho muito sábio que o leva até o esconderijo dos Varden - uma comunidade que se mantêm escondida e se prepara há anos para lutar contra o exército de Galbatorix.

Em meio a viajem até o esconderijo dos Varden, Eragon recebe instruções de Brom que é seu novo mestre - por assim dizer -, resgata uma jovem elfa encantadora chamada Arya que pertuba seus sonhos e recebe ajuda de um estranho garoto chamado Murtagh.

Minhas considerações

Minha meta é alcançar o nível de escrita do Christopher, ele arrasa. O autor de Eragon, Christopher Paolini, começou a escrever este livro quando ainda tinha somente quinze anos. E sua escrita é impecável.

Narrado em terceira pessoa, o livro Eragon ganhou meu coração primeiro pela temática, depois pela escrita e, por fim, pelo enredo em si. Apesar de ser seu primeiro livro e na época ter tido apenas quinze anos, Christopher escrevia com a maestria de um escritor profissional e muito sábio.

O que amo em Eragon, é que no final do livro, há um glossário para verificarmos as falas que os Anões e os Elfos dizem, e também há uma lista com o nome dos reinos e das personagens mostrando-nos como se lê.

Paolini está na minha listinha de cinco escritores preferidos pois suas obras são de valores inestimáveis. A escrita de Chris é atraente principalmente para leitores como eu, que gostam e procuram por uma obra que tenha a escrita antiga e com a mais diversa variedade de palavras complexas. Sou grande fã de Tolkien e seus livros, mas na minha humilde opinião, Christopher consegue ultrapassar Tolkien no sentido da escrita. Os dois possuem obras de ficção-fantástica incríveis e cheias de magia, com cenários excepcionais, mas a escrita de Paolini é mais variada e diversa, mais complexa e sábia, e possui uma variedade de palavras raras e pouco usadas no dia-a-dia que consegue nos levar para dentro do livro: numa época medieval, com guerras e guerreiros, cavaleiros e dragões, elfos, humanos e anões. Sendo assim, Tolkien pode ser nosso rei da literatura fantástica, mas Paolini é nosso príncipe.

Recomendo este livro para todos aqueles leitores que procuram por um livro com o vocabulário perfeito e uma história tão empolgante que envolve magia, guerras, lutas com espada, dragões e povos de diferentes raças.

Minhas frases sublinhadas

''Todos nós cometemos erros hoje. O meu foi não ter ficado perto de você.'' Saphira.

''As areias do tempo não podem ser detidas. Os anos passam, quer queiramos ou não... mas podemos nos lembrar. O que foi perdido pode, entretanto, viver na nossa memória.'' Brom.

''O vento uiva pela noite trazendo consigo um aroma capaz de mudar o mundo.''

'' - Amor, família, realizações... tudo isso é tirado de nós, e ficamos sem nada. Que valor tem as coisas que fazemos?

- O valor está no ato. O seu valor acaba quando você se rende ao desejo de mudar, de viver a vida. As opções estão à sua frente, escolha uma e dedique-se a ela. As ações darão a você uma nova esperança e um novo propósito.'' Eragon e Saphira, respectivamente.

'' Não há nada pior do que um inimigo que não tem nada a perder.'' Eragon.

'' Tenha em mente que muitas pessoas morreram por aquilo em que acreditavam. De fato, isso é bem comum. A verdadeira coragem é viver e sofrer por aquilo em que você acredita.'' Brom.

 

Espero que se apaixonem por essa saga incrível tanto quanto eu.
Beijinhis, Gaby Alievi.
Até semana que vem!!

 

Categoria: Livros que viraram filmes, Resenhas
Comentários (0) e Compartilhar

Resenha - Garoto encontra garota

Publicado por Juliana Quadros em 19/01/2016 às 20h17

Livro: Garoto encontra garota
Autor:a Meg Cabot
Editora: Record
Número de páginas: 400
Ano: 2006
Nota do Skoob: 4
Minha nota: 4,8

Sinopse

Kate Mackenzie é assistente da T.P.M. (Tirana, Perversa e Maldosa) Amy Jenkis, diabólica diretora de RH da empresa onde trabalha. T.P.M. ordena que Kate demita a funcionária mais popular da empresa, o que a leva a ser processada pela demissão injusta. Mas, ao contrário do que todos imaginavam - que Kate ia se dar mal -, ela encontra o amor de sua vida no tribunal.

Resenha Mundo Sublinhado

O livro é o volume 2 da coleção garoto, que não necessariamente possui uma ordem de leitura, e também não se utiliza dos mesmos personagens principais. O que acontece, na verdade, é que os personagens principais do primeiro volume tornam-se coadjuvantes nessa história, e o ambiente de trabalho se repete, mas agora com outro foco, no setor de RH.
Kathleen Mackenzie e sua melhor amiga, Jennifer Sadler, trabalham para uma das piores funcionárias do Journal, Amy Jenkins. Como o próprio apelido — T.P.M. — diz: é uma verdadeira Tirana Perversa e Maldosa. E o pior: está prestes a se casar com o terrível Stuart Hertzog, que é o consultor jurídico da empresa.
Kate saiu de um relacionamento de 10 anos com Dale, e agora reside temporariamente na casa de Jen e Craig, mas já em busca de um novo cantinho próprio para morar. No entanto, com um salário não tão grande, essa missão está tornando-se impossível.
Ida Lopez, que era a funcionária do Journal, cozinhava e servia as sobremesas, foi demitida de forma ilegal à mando de Amy. Mas quem teve que avisar à Ida sobre a demissão foi Kate. E então, o sindicado o qual a Sra. Lopez fazia parte entrou com um processo por conta da demissão ilegal que a T.P.M. havia realizado.
Para defender (ou não) o Journal, entra em cena o irmão de Stuart, Mitch, que trabalha no escritório da família. O que Kate e nem Mitch sabiam era que o caso Ida Lopez definitivamente não seria o foco da relação entre os dois.

Minhas considerações

Para começar, gostaria de ressaltar o fato deu eu ter amado reencontrar os personagens de 'O garoto da casa ao lado'. Mel e Nadine aparecem só em algumas pequenas partes, mas Stacy é quem volta com tudo, afinal, ela é a irmã de Mitch e Stuart. Amy também já havia aparecido no 1° volume (e sim, ela sempre foi uma chata! Hahaha).
Nesse livro novamente não temos um narrador, mas além de e-mails, aparecem fragmentos do Diário de Kate, e outros tipos de anotações.
O fato é que eu adorei esse livro. Kate é uma mulher madura, apesar de nunca deixar aquele lado menininha apaixonada. Mitch é um fofo e luta por causas e pessoas que não são poderosas. Amy, como todos sabemos, é uma falsa, mas sempre me surpreendia o quão longe ela chegava algumas vezes. Stuart também não é flor que se cheire, mas só sendo assim mesmo pra noivar com a T.P.M., hahaha.
Esse livro quaaaase chegou a ser um dos meus preferidos e receber nota 5, mas como ele faz parte de uma série, confesso que comparado ao livro "O garoto da casa ao lado", ele perde um tiquito no romance (mas muuuuito pouco mesmo).
Essa série conquistou meu coração, e mal vejo a hora do Correios me entregar logo o terceiro (e acredito que o último) volume da coleção: o livro "Todo garoto tem".
Ah, e não posso concluir sem dizer: a Meg arrasa, e eu sou fã de carteirinha dela!

Melhor frase sublinhada

"E dizem que o caminho até o coração de um homem passa pelo estômago" (página 228) - haha- 

 

Vocês estão gostando da maratona da Meg Cabot?

beiJU

Comentários (0) e Compartilhar

Resenha - Intergaláctica

Publicado por Laise Caroline em 17/01/2016 às 03h57

Livro: Intergaláctica
Autor: F. P. Trotta
Gênero: Ficção científica / Realismo fantástico
Ano:
2015
Editora: Livros Ilimitados
Nota Skoob: 4.8
Minha Nota: 4.5

Sinopse


Uma conspiração para controlar o rumo da mais importante expedição espacial da história da humanidade. 3 de Maio de 2031 - No dia de lançamento da aguardada expedição da NASA para explorar a lua de Júpiter, uma das candidatas para habitar vida extraterrestre, a psiquiatra Amanda Collins acorda de um coma após meses batalhando contra uma meningite aguda. Junto com seus pacientes Stryker, Ripley e sua amiga Lina, eles descobrem que fazem parte de um crescente quebra-cabeça envolvendo uma corporação geopolítica underground chamada A Firma, que planeja sabotar a missão, usufruindo de uma nova tecnologia para saquear a nave e destiná-la para um planeta habitável localizado dezessete anos luz da Terra. O quarteto então inicia uma operação para descobrir a verdade por trás da conspiração, mergulhando de cabeça na maior expedição planetária da história da humanidade.

 

Resenha Mundo Sublinhado

 

É muito difícil falar desse livro sem dar spoiler, muito difícil mesmo, pois são 279 páginas com muita história e muitas reviravoltas. Eu vou tentar resumir sem contar pontos chaves do livro (e que Deus me ajude!) rs.

No início do livro, no ano de 2009, somos apresentados a Amanda, ela é apenas uma criança curiosa que foi procurar Oswald, seu pai, no laboratório (Firma – nome da empresa) dele, mas quando lá chegou, muitas coisas a surpreenderam, e após alguns acontecimentos ela precisou se distanciar o máximo possível do pai, pois ela conheceu um outro lado dele e da “Firma”, mas por mais que ela queira, não consegue fugir do destino.

Já em 2031 Amanda acorda de um coma profundo causado por uma meningite aguda, então tenta explicar para os ex-pacientes (ela é psiquiatra) e amigos, sobre o incrível sonho que ela teve nesse período, mas tudo é inimaginável e eles não conseguem compreender toda a plenitude desses “sonhos”. Então ela recebe uma notícia perturbadora, um foguete patrocinado por seu pai (um cientista que é movido a dinheiro e não tem escrúpulos) será lançado em direção a Europa, uma das luas (satélites) de Jupter, com o objetivo de encontrar vida extraterrestre. Conhecendo o seu pai e sabendo do que ele é capaz, ela começa a pensar no motivo por trás dessa expedição, só que o pai de Amanda, acaba interferindo mais uma vez na vida da filha, agora ela e seus amigos são considerados fugitivos, tendo apenas uma opção, se entregar!

Eles se entregam, não para salvar a própria pele, mas como parte de um plano, para impedir que a “Firma” (empresa de Oswald) sabote a missão interestrelar, no meio de toda essa história, eles acabam fazendo uma viagem para um outro planeta, conhecendo seres que no planeta Terra foram extintos, animais que fogem a nossa realidade, seres inteligentes, tecnologia extraterrestre, alianças interplanetárias e muito mais. Mas com tantas descobertas, surgem várias perguntas que no fim do livro são esclarecidas e outras que te deixam com um gostinho de quero mais.

P.S.: Não adianta fazer suposições, o final é EXTREMAMENTE SURPREENDENTE! Todo muda, inclusive suas perspectivas de universo!

 

Nossas considerações

 

Por Laise Caroline

Eu estava contando essa história para uma amiga e ela disse: “nossa, que louco”, daí eu fiquei pensando: “o universo é tão grande, são tantas as possibilidades, que não temos como descartar viagens espaciais, seres extraterrestres inteligentes, tecnologia avançada e alianças intergalácticas.”

Acho que o livro abriu minha mente para as POSIBILIDADES, no livro somos apresentados a algumas possibilidades e somos surpreendidos. Várias das questões discutidas a séculos sobre vida fora da Terra são explanadas com inteligência e embasamento técnico.

Em alguns momentos eu pensei em perguntar para o F. P. Trotta se ele já havia passado por uma experiência assim, pois, ele consegue descrever tão bem, que eu, como leitora, consegui viajar em um mundo idealizado tão bem, que me vem à mente: será que ele é real? - rs Será? -

Gostei dos diálogos inteligentes, das possibilidades apresentadas e representadas, do contexto ao qual o autor apresenta a “humanidade” dos terráqueos no fim do livro e principalmente da viagem que o livro nos proporciona.

Gostei muito de todas as reviravoltas do livro, elas me deixaram sempre com os olhos arregalados e o coração batendo acelerado. Mas digo logo, você vai precisar conversar com um amigo sobre esse livro... Depois não diga que eu não avisei! rs

A única pregunta que ficou agora é: QUANDO É QUE SAI A CONTINUAÇÃO?

Por Cintya Dayanne

Falamos tanto sobre esse livro que parece que lemos ele duas vezes – haha.

O autor conseguiu destrinchar um tema complexo de maneira simples e nos fez questionar o que sabemos sobre a nossa existência e sobre o universo. Eu e a Lai passamos horas conversando sobre as possibilidades do universo e isso só foi possível mediante a leitura de Intergaláctica.

Se você gosta de ficção científica, aventura e é curioso assim como a gente, você deve ler Intergaláctica, depois dele o seu mundo nunca mais será o mesmo. Esse é um livro inteligente, para pessoas que gostam de pensar!



Nossas frases sublinhadas

Somos todos parecidos e amados, profundamente e para sempre. A sensação de medo, é parte fundamental, crucial da evolução humana. Mas ao mesmo tempo é inútil pois não há razão para se ter medo de nada. – pag 22

Você tem que aprender a descartar o lixo para deixar aflorar o que tem de potencial. – pag 63

Vocês, terráqueos, sempre querem poder contar com a certeza. Não se preocupem... Tudo se revelará sozinho. – pag 181

Que saibam você é uma guerreira, que escolheu virar heroína. – pag 214

O que motiva seu senso de justiça¿ [...] Na Terra, nos motivam a esperar o inesperado, a confiar em resoluções mágicas, e torcer para ter sorte ou se dar bem no destino. – pag 274

Sobre o autor

Franco Poltronieri Trotta nasceu em São Paulo, no início dos anos 90, mas logo se mudou para o Rio de Janeiro. Cursou faculdade de Administração de Empresas. Alfabetizado inicialmente em inglês, Franco viveu em Detroit na adolescência, onde se formou no Proficiency in English, dos exames Crambridge ESOL.

Intergaláctica é seu primeiro livro publicado no Brasil. Escrito originalmente em inglês e chamado de Intergalactic, o livro ganhou sua versão em português escrita pelo próprio autor. O lançamento de Intergaláctica e a aprovação unânime dos críticos e resenhistas fez com que a conclusão da duologia, "Interdimensional", fosse anunciada para o começo de 2016.

F. P. Trotta é um autor parceiro do Blog Mundo Sublinhado.

link do livro Intergaláctica no SKOOB

link do perfil F. P. Trotta no Skoob

Fã page da série Intergaláctica

Onde adquirir seu exemplar

Amazon.com E-book R$ 12,90 / Livro físico, capa brochura R$ 37,00

Saraiva.com E-book R$ 12,00 / Livro físico, capa brochura R$ 49,90



Gostou da resenha? Deixe deu comentário, queremos saber sua opinião!

 

Mil beijos, Laise Caroline e Cintya Dayanne.

 

Categoria: Parcerias MS e Autores Nacionais, Sagas
Comentários (0) e Compartilhar

Resenha - Mestre Gil de Ham

Publicado por Gaby Alievi em 14/01/2016 às 18h26

Livro: Mestre Gil de Ham
Título original:
Farmer Giles Of Ham
Autor: J. R. R. Tolkien
Editora: WMF Martins Fonte
Número de páginas: 102
Ano: 1949
Nota Skoob: 4
Minha nota: 3.6

Sinopse

Esta divertida história, escrita pelo autor de O Hobbit, é ambientada no vale do Tâmisa, na Inglaterra, num passado maravilhoso e distante, quando ainda existiam gigantes e dragões. Seu héroi, Mestre Gil, é na realidade um fazendeiro totalmente desprovido de heroísmo, mas que, graças à boa sorte e à ajuda do cachorro Garm, da égua cinzenta e da espada mágica Caudimordax (ou Morde-cauda), amansa o dragão Chrysophylax e ganha enorme fortuna.

Resenha Mundo Sublinhado

O protagonista Aegidius Ahenobarbus Julius Agricola de Hammo - ou simplesmente Mestre Gil de Ham - é um simples fazendeiro que vive com a esposa, o cachorro falante (sim, o cachorro fala! E as discussões entre o cão e o dono são bem engraçadas!), e a égua cinzenta em uma pequena fazenda.

Todos vivem sossegados e em paz até o dia em que um gigante adentra os domínios da fazenda matando vacas e ovelhas... E é aí que entra O Mestre Gil de Ham! O simples fazendeiro de antes se tornou o herói do povo - sem querer.

Visto por todos como um herói, Mestre Gil é convocado pelo rei para enfrentar um dragão - Chrysophylax - que vive perturbando ao aldeias.

Minhas considerações

É um livro muito curto; uma leitura rápida.

Mestre Gil de Ham é um livro bem diferente dos outros trabalhos de Tolkien, que possuem os mínimos detalhes, é uma leitura breve, rápida e engraçada.

O objetivo do livro é distrair e divertir, e não foi escrito para se tornar uma obra prima.

A história em si é bem infantil e fácil de se entender, considerando-se que Tolkien escreveu para seus filhos. Ela se passa na Europa, antes das grandes monarquias, em uma época antiga.

O cachorro que fala e Mestre Gil vivem se desentendendo e isso torna a história mais leve, ela flui com mais facilidade. É uma ótima leitura para crianças de todas as idades e para pessoas que desejam um livro rápido de se ler e um descanso. Os personagens são engraçados e o enredo cheio de aventuras é ótimo.

Minhas frases sublinhadas

''Promessa é dívida.'' página 55.

'' Só que Mestre Gil agora tinha se tornado mais que o Herói do Campo: era o Bem-amado do país.'' página 63.

''E mais: a partir daquele dia o poder do Reino Médio cessou na região. Por muitas milhas ao redor, os homens consideravam Gil seu senhor.'' página 66.

 

Até semana que vem.
Beijinhos, Gaby

 

Categoria: Resenhas
Comentários (2) e Compartilhar

Resenha - O garoto da casa ao lado

Publicado por Juliana Quadros em 12/01/2016 às 16h13

Livro: O garoto da casa ao lado
Autor: Meg Cabot
Editora: Record
Número de páginas: 400
Ano: 2005
Nota do Skoob: 4
Minha nota: 5 - preferido

Sinopse

Melissa Fuller é uma garota do interior que escreve para a coluna de fofocas do New York Journal, uma publicação de segunda categoria. Um dia, ela socorre Helen Friedlander, sua vizinha de oitenta anos que entra em coma após levar um golpe na cabeça. Além de tomar conta dos dois gatos e do cão dinamarquês da Sra. Friedlander, Mel fica de olho no misterioso sobrinho dela, que se mudou para a casa da tia para também cuidar dos bichinhos.

Resenha Mundo Sublinhado

Melissa trabalha como colunista da Página Dez no New York Journal, seu desejo é de passar a fazer outros tipos de cobertura, mas seu chefe, George, não concorda muito com isso.

Além disso, é uma vizinha muito atenciosa, e ao notar o fato de que a moradora do 15A, Sra. Friedlander, ainda não havia pego o jornal (rival ao que ela trabalha) NY Chronicle que estava na frente da porta — fugindo do seu costume diário de sempre recolher o jornal cedo — resolveu entrar no apartamento para checar se tudo estava bem, e então encontra a vizinha desmaiada e toma as devidas providências para ajudar a salvar a vida dela.

Helen Friedlander está em coma, e Mel sente-se responsabilizada por cuidar dos bichinhos de estimação dela: um cachorro — Paco — e dois gatos — Sr. Botucas e Chico Bum. Só que cuidar deles e ainda ter que levar Paco para passear várias vezes ao dia acabou prejudicando-a no trabalho. Então, encorajada pela melhor amiga, Nadine, decidiu procurar o único parente vivo da Sra. Friedlander, seu sobrinho Max Friedlander, para que ficasse responsável pelos animais de estimação dela. No entanto, ele sendo um verdadeiro mau caráter, vai tirar umas férias com a supermodelo Vivica, e envia um velho amigo, John Trent, que lhe devia um favor, para se passar por ele. John querendo livrar-se logo dessa 'dívida' aceita a proposta. Mas, o que ele não sabia é que na porta ao lado moraria uma ruiva chamada Melissa. John tem um fraco por ruivas.

Com ajuda do irmão, Jason, e da cunhada, Stacy, John faz de tudo para conquistar o coração de Mel. Agora, só lendo para saber o desenrolar dessa história cômica e apaixonante!

Minhas considerações

Estou simplesmente vi-ci-a-da nos livros da Meg, e esse é mais um dos que entrou para os meus preferidos!

Melissa é a melhor pessoa do mundo! É doce, gentil, engraçada, cuidadosa e sincera. E mesmo após passar por várias decepções amorosas, ao encontrar Max (que na verdade é o John), ela permite que o amor entre em seu coração.

John é um fofo, super atencioso, romântico e cômico, o par perfeito para Mel. Mas, infelizmente o fato de ele estar se passando por outra pessoa pode estragar tudo :(.

O livro é todo escrito em e-mails, o que eu achei que fosse atrapalhar o meu gosto pelo livro, porque eu não sou muito fã de livros nesse estilo de cartas, e-mails, SMSs, mas como Meg arrasa, a obra me conquistou completamente, e não sei qual outra melhor forma de escrevê-lo senão por e-mails. Eu ria demais com os "Assunto" e com o corpo do e-mail também.

Livro é fantástico, e suuuper merece está na estante de todos aqueles que apreciam uma boa comédia romântica, com uma pitadinha de mistério.

Minhas frases sublinhadas

"Aaron, para morrer, a gente precisa ter vivido um pouco primeiro." (página 74)

"Que ela é exatamente o que venho procurando numa mulher todos esses anos, mas nunca ousei pensar que encontraria? Que é minha alma gêmea, a minha consorte, a outra metade da minha laranja? Que estou contando os minutos até poder vê-la novamente?" (página 220)

"Mas contemplá-la era amá-la,
Amar apenas ela, e para sempre" – Robert Burns (página 227)

"Se te amasse menos, talvez fosse capaz de falar mais sobre o assunto." (página 228)

Sobre a Coleção Garoto de Meg Cabot

A coleção é composta por:

O garoto da casa ao lado
Garoto encontra garota
Todo garoto tem

Os livros da coleção não seguem uma ordem de leitura, e as personagens principais também não são as mesmas.

Garoto encontra garota - Sinopse

Kate Mackenzie é assistente da TPM (Tirana, Perversa e Maldosa) Amy Jenkis, diabólica diretora de RH da empresa onde trabalha. TPM ordena que Kate demita a funcionária mais popular da empresa, o que a leva a ser processada pela demissão injusta. Mas, ao contrário do que todos imaginavam - que Kate ia se dar mal -, ela encontra o amor de sua vida no tribunal.

Todo garoto tem - Sinopse

Essa era uma viagem que tinha tudo para dar certo: Holly e Mark decidem fugir para se casar numa villa do interior da Itália, tentando evitar o stress causado pela diferença de religião entre suas famílias. Para acompanhá-los como madrinha, dama de honra e melhor amiga da noiva, a cartunista Jane Harris, uma mulher divertida e engraçada que mal pode esperar pela sua primeira viagem ao exterior. Mas é claro que Mark também convidou o seu melhor amigo, o jornalista internacional Cal Langdon, que passou os últimos anos em campos de guerra, plataformas de petróleo e outros lugares inóspitos...

Estou em uma fase Meg Cabot e espero que vocês estejam curtindo.

BeiJU

Categoria: Resenhas
Comentários (0) e Compartilhar

Peanuts

Publicado por Laise Caroline em 09/01/2016 às 04h32


Peanuts ou Minduim (como é conhecido no Brasil) foi uma tira de jornal produzida pelo cartunista Charles Schulz, de 02 de outubro de 1950 até 12 de fevereiro de 2000. A turminha é uma das mais conhecidas e influentes, chegou a ser publicada em mais de 2600 jornais, que juntos alcançavam mais de 355 milhões de leitores em 75 países e mais de 40 línguas.

Sobre Peanuts

Em 1947 Charles vendeu uma tira para um jornal na sua cidade natal, mas quando pediu para que ela fosse publicada semanalmente foi demitido. O que o levou a buscar novas propostas, assim conseguiu emplacar Peanuts em 1950, o sucesso foi tão grande que as tirinhas viraram desenhos, depois filmes, produtos de todos os tipos e em 2016 um novo longa da turminha está chegando aos cinemas.

Um detalhe muito interessante da vida do autor é que, após sofre por vários problemas de saúde, foi perdendo a firmeza das mãos, até que anunciou sua despedida de Peanuts em dezembro de 1999, após um mês ele faleceu, mas antes pediu para sua família que nenhum outro autor desse continuidade a sua obra e que ela continuasse o mais original possível, pedido que tem sido atendido.

As tirinhas que reúnem a turminha de Snoopy e Charlie Brown tratam das complexidades e simplicidades da vida, amor, amizade e etc, com uma maneira singular e divertida eles ganharam o mundo e nossos corações.

A maioria das pessoas da nossa geração (anos 90 e 2000) já ouviu falar nessa turminha ou no Snoopy, mas a maioria nunca teve muito contato com o material produzido pelo autor. Os colecionadores também só tinham os livrinhos que reuniam tirinhas de alguns assuntos como: amor, saudade, ou de alguma data especial como o natal, mas agora temos uma coletânea linda, e é sobre ela que vamos falar agora... 

Edição especial Peanuts Completo

A L&PM Editores presenteou os fãs das tirinhas com edições super especiais, elas contem de dois a três anos de tirinhas originais reunidas, em uma coletânea digna de colecionadores. É compostas por edições lindas, com uma diagramação perfeita e em capa dura.

Sinopse da coletânia

'Peanuts' mostra, através de um grupo de crianças que tem por costume falar a verdade umas para as outras, a sociedade norte-americana pós-guerra em que Schulz cresceu. Nas histórias protagonizadas por Charlie Brown e sua turma estão retratados os sentimentos de insegurança, inadequação e melancolia que sempre acompanharam o cartunista. 'Peanuts Completo' vai além dos quadrinhos. Todos os volumes trazem uma introdução e um posfácio escritos por personalidades como Whoopi Goldberg, Diana Krall, Matt Groening - criador dos Simpsons -, John Waters, cineasta, Mo Willems, escritor de livros infantis, entre muitos outros. Em 'Peanuts Completo - 1950 a 1952', o leitor tem acesso, além de uma introdução escrita por Garrison Keillor, a uma nota sobre a vida e a obra do criador de 'Peanuts' e a uma entrevista com o cartunista feita por Rick Marschall.

São edições lindas, combinam o estilo vintage e clássico em edições de extremo bom gosto. Uma coletânea extremamente surpreendente para os fãs de quadrinhos e todas as suas varáveis.

Estou aceitando essa coleção de presente! haha

Novo filme em 2016

O novo longa da turminha será lançado no Brasil no dia 14/01/2016 e já está sendo cotado como a melhor animação de 2016. Será!? Eu aposto que vou amar!

Sinopse

Snoopy, o beagle mais amado do mundo – e claro, piloto – embarca em sua maior missão até hoje, quando ele alcança o céu atrás de seu arqui-inimigo, o Barão Vermelho, enquanto seu melhor amigo, Charlie Brown, inicia a sua própria missão épica. 

 

 

Então, para quem também gosta da turma do Snoopy, esse ano temos muito material para ler, colecionar e assistir, em grande estilo!

 

P.S.: vocês já sabem que eu sou apaixonada por Funko Pop, essa coleção dos Peanuts não é minha, mas é um amor e eu tinha que mostrar para vocês para dar um recadinho... Se você desejar, estamos fazendo um sorteio junto com a Loja Is Geek no instagram do Blog (@MundoSublinhado) e o prêmio é um Funko pop do Charlie Broen. Participem até o dia 22/01.

Mil beijos,
Laise Caroline

Categoria: Livros que viraram filmes
Comentários (2) e Compartilhar

Cultura - Encantada do Brega, O musical

Publicado por Laise Caroline em 08/01/2016 às 04h48

Os amigos Kevin Albuquerque e Jefferson Oliveira criaram um blog para falar de assuntos diversos, anos após esse primeiro projeto o “Com farinha” foi criado com o objetivo de difundir e brincar com a cultura paraense com irreverencia e conhecimento de causa. Para completar o time do ‘Com farinha’ Isis Vieira, Edgar Dee e Ana Paula Rodrigues somaram forças, ideias, trabalho e risos, no que se tornou um dos maiores fenômenos da Web no norte do país.

Com muitos seguidores no youtube e milhares de compartilhamentos de vídeos nas redes sociais, eles conquistaram não apenas fãs, mas também o respeito dos paraenses e nortistas.

A algum tempo atrás um dos projetos do “Com farinha” ganhou notoriedade especial, foi visualizado mais de meio milhão de vezes e fez tanto sucesso que se tornou um novo projeto, ‘O musical Encantada  do Brega’, que na cidade natal do ‘Com Farinha’ (Belém), foi sucesso absoluto. Todas os espetáculos realizados na capital paraense tiveram o número máximo de público para o evento, um detalhe muito importante é que isso aconteceu mais de uma vez, mostrando assim o potencial e profissionalismo do grupo, que desenvolve um trabalho sério e com muito amor a cultura dos “papa chibé”.

Encantada do brega é uma releitura do clássico conto de fadas ‘Cinderela’ (‘A gata borralheira’), onde uma linda moça de bom coração é escravizada pela madrasta má e suas meias irmãs, e ainda é impedida de ter vida social e de frequentar o baile onde o príncipe escolheria sua futura esposa. Na paródia paraense a história é de uma menina que mora no subúrbio de Belém, trabalha na batedeira de açaí da madrasta e veste blusa com foto e nome de político. O sonho da “princesinha” é ir a uma festa do POP para dançar e “tremer” ao embalo dos ritmos paraenses e assim conhecer o seu DJ, e sim, ela só pode fazer isso até meia noite (mas por um motivo bem diferente do da Cinderela), mas para saber, você terá que assistir Encantada do Brega.

Felizmente o espetáculo despertou interesse da ‘Curta Rock Produções’ e ganhou novos palcos, e para a felicidade dos amapaenses foram os das terras Tucujús. Nos dias 08 e 09 de janeiro, o Teatro das Bacabeiras vai receber o Encantada do brega em grande estilo, uma equipe de vinte profissionais envolvidos no musical participarão da apresentação do espetáculo mais comentado dos últimos tempos e você não pode perder!

Uma realização Curta Rock Produções .

Mil beijos,
Laise Caroline

Informações

Curta Encantada do Brega, Yoytube com farinha

Classificação 14 anos.
Ingressos à venda na Sorveteria Blaus, ao lado da Prefeitura de Macapá e na loja Guitar Hero no 1º piso do Villa Nova Shopping.
Valor R$ 30,00
Dia 08/01 as 21h e dia 09/01 as 20h

Categoria: Cultura / Aconteceu
Comentários (0) e Compartilhar

show normalcase tsN left fwR|show center fwB tsY|show fwB tsY left|b04 bsd|||news c10 fwB fsN|normalcase uppercase fwB c10|b01 c05 bsd|login news normalcase uppercase fwB c10|tsN normalcase uppercase c10 fwB|normalcase uppercase c10|content-inner||